Se você está numa empresa de multinivel, então é um trouxa!

Dias atrás eu li por aí na internet um texto que, embora fosse de alguém que se auto-intitule um empreendedor de sucesso, tinha como mensagem principal o seguinte: “o Marketing Multinivel não é algo legítimo, pois um negócio onde as pessoas tem que pagar para trabalhar não faz sentido”. E ele ainda concluía dizendo: “isso é coisa de trouxa”.

Bem, na hora eu confesso que não fez muito sentido pra mim ouvir isso de alguém que se diz entendido de empreendedorismo, mas fazer o quê, né!? Dei uma suspirada e esqueci o assunto. E agora vou escrever aqui no blog o que penso sobre isso.

Marketing multinível é um negócio próprio

Por mais que possa parecer estranho falar que ao cadastrar-se numa empresa de marketing multinível você está, na verdade, montando um negócio do qual será dono, é assim mesmo que a coisa acontece. Claro, você sabe que a empresa é de outra pessoa, que a marca pertence a outra pessoa, que o CNPJ da empresa está no nome de outra pessoa, que todos bens da empresa compõem o patrimônio de outra pessoa, então como o negócio pode ser seu? Intrigante, não!?

O fato é que por mais que a empresa, de fato, não lhe pertença, a organização que você irá construir é sua. Claro, ninguém é de ninguém e assim como você tem total liberdade, todos do seu grupo também são livres para ir e vir a qualquer momento, mas, teoricamente, você é o construtor, líder e proprietário de sua rede multinivel. E, se a construção dessa rede tiver sido baseada em ética, comprometimento, companheirismo e uma boa dose de amizade, muito provavelmente sua rede virá a ser um patrimônio que você terá por quanto tempo permanecer no setor. Independente de em qual empresa esteja.

Resumindo, o negócio é seu! É próprio! É como quando alguém de sua cidade se diz dono da loja da Volkswagen, quando nós sabemos que na verdade essa pessoa não é dona dessa marca. Mas ela é dona da sua loja, sim.

Agora vamos à questão do “pagar pra trabalhar”…

Eu sempre tive o hábito da leitura. Desde cedo que sempre tive os livros como um dos meus passatempos favoritos. Sempre os preferi aos filmes. E de tanto já ter lido, as vezes fico com algumas informações na memória, mas sem lembrar de que livro a extraí. Mas o que importa mesmo é o que fazemos com a informação, não é!? Essa coisa de saber a que capítulo e versículo corresponde cada ensinamento da Bíblia, em minha opinião não tá com nada. O que importa mesmo é viver a vida como Jesus nos ensinou.

Então me perdoem não saber citar de que autor eu li isso (e se alguém souber, por favor o diga), mas a mensagem era mais ou menos assim: “todo empreendedor compra seu posto de trabalho“. Isso mesmo: todo dono de negócio, empresário ou seja lá como preferirem chamar, tem que pagar pra trabalhar. O sujeito que monta um negócio, na verdade está comprando sua vaga no mercado. Ele está pagando pra criar seu próprio posto de trabalho.

Até onde sei, a única maneira de se começar a trabalhar sem ter que investir nada é sendo EMPREGADO. Isso mesmo: só quem quer ser empregado é que entra apenas com sua força de trabalho. Por quê? Porque o cara que investiu a grana pra criar seu próprio trabalho também gerou vagas para mais algumas pessoas: seus empregados.

Ok, Ok, já estou ouvindo algumas vozes dizendo: ˜mas você é mal informado mesmo, hein, Pablo!? Será que nunca ouviu falar de novas tendências, como por exemplo os programas de afiliados, nos quais é possível se cadastrar, indicar os produtos de terceiros e ganhar comissões sem ter que comprar nada?” Hehehe… Ouvi sim, amigo. Trabalho com isso há quase 8 anos e o que tenho a lhe dizer é que na teoria é lindo assim, mas na prática, tente ganhar dinheiro sem investir nada e me diga se consegue viver. Seja qual for o negócio que queira montar, você terá que investir algum dinheiro.

O fato é que só quem não paga pra trabalhar é um empregado. E só um empregado “conformado” é que tem esse tipo de mentalidade contra investimentos. O Empregado conformado, que geralmente também é acomodado, é o cara que quer chegar lá no emprego, fazer o dele (de qualquer jeito) e ganhar seu dinheirinho no final do mês… E passar a vida toda assim.

Já o empreendedor é o cara que paga pra ter seu espaço, sem saber se vai ter um certinho no fim do mês ou não. Mas justamente por ter esse tipo de mentalidade, é que ele sabe que tem que fazer a coisa acontecer pra si, para não precisar passar a vida toda fazendo outra pessoa ficar rica. E isso gera um círculo vicioso onde, enquanto mais ele faz, mas ele sente que é capaz… e assim por diante.

E quando alguém desenvolve essa capacidade de auto-confiança, de auto-suficiência, o investimento para se iniciar um negócio é o que menos interessa. Daí tanto ouvirmos os grandes gurus da motivação dizendo: “você precisa “ser” antes de “ter”. Eles dizem isso porque sabem que se você sentir que pode fazer algo, você vai fazer, custe o que custar. Tanto em termo de esforços, quanto de investimento financeiro. Então não pense tanto em quanto terá que investir na compra de produtos de sua empresa, para iniciar seu negócio de Multinivel, mas sim na mentalidade que terá que desenvolver.

Eu não tô falando aqui para você ser imprudente com seu dinheiro. Pelo contrário, estou dizendo para ter a mentalidade correta na hora de investi-lo. E a mentalidade correta é justamente entender que o investimento é o que menos importa. E, mais ainda, ser convicto de que quem se diz empreendedor, mas ao mesmo tempo mostra-se contrário ao investimento no negócio próprio, esse sim é um trouxa.



“Aos vinte e poucos anos eu decidi que iria aprender a “ganhar dinheiro na internet”. Aos trinta ainda não sei quase nada. Mesmo assim, tive a cara de pau de criar este blog para ensinar você como fazer isso.” [...] Continue lendo

{ 51 comentários… Clique aqui para comentar }

  • Robson Nunes 01/04/2015, 11:14 am

    Quando fui apresentado ao mundo MMN fiquei encantado, mas o que mancha esse negocio extraordinário são falacias acerca de dinheiro fácil, esta forma de trabalho é simplesmente a melhor, volto a repetir “forma de trabalho” um sistema totalmente meritocrático onde sua alavancagem de rende esta diretamente ligada ao mérito do seu esforço no negócio.
    Eu desenvolvo um trabalho MMN em um empresa de Moda, necessidade basica de cada pessoa, todos os dias utilizamos roupa, esse negocio tem me ajudado a ser uma pessoa cada vez melhor.
    O MMN evolui o individuo, relações de pessoas se ajudando, isso é o negocio do seculo 21.

  • Carlos Lima 29/03/2015, 6:38 pm

    Parabéns Pablo pelo artigo e principalmente pela forma de como expressou. Não sei quem é esse empreendedor, mas o mais provável é que ele esteja puxando a brasa para a sua sardinha. O que é muito comum na forma de algumas pessoas trabalharem. Tentam denegrir os outros para promover o que ele faz. Infelizmente esse tipo de postura de alguns “profissionais” é deprimente. Gostei muito desse seu artigo, nele você não mencionou o nome do empreendedor o que na minha opinião é a forma correta de tratar assuntos como esses. Mas uma vez parabéns! Sucesso sempre!

  • Raineide 03/03/2015, 12:45 pm

    Sempre o assunto MMN abrange questões que dão o que falar, o texto acima foi muito bem colocado quando menciona “a única maneira de se começar a trabalhar sem ter que investir nada é sendo EMPREGADO”, o MMN te proporciona ser dono do seu próprio negocio, e o contrario do que muitas pessoas falam que é uma forma de ganhar dinheiro fácil, não é bem assim, por você ser o dono do negocio terá que correr atras para crescer, e terás que trabalhar e muito, mas a diferença que estará trabalhando para você. Os R$$$$$$ que verá no final do mês em sua conta será apenas seu, e não uma %X porque do valor X o seu patrão ficou com maior parte sem nenhum esforço ou melhor porque o mesmo fez um investimento na sua emprega e colhe o que plantou.
    O MMN é para pessoas determinadas e que resolvem acreditar no seu potencial, e acredita que irá crescer e poderá ter uma vida melhor. Eu particularmente acreditei nesse sonho e sou muito mais feliz na empresa de MMN que trabalho.

  • Lucas 14/02/2015, 2:25 pm

    “todo empreendedor compra seu posto de trabalho“ adorei essa frase, vou começar á usar quando algum desinformado vier falar asneiras. Desenvolvo MMN na área financeira já faz mais de 1 ano e o que posso dizer é que estou crescendo muito pessoalmente, profissionalmente e financeiramente. Antes do negócio não conseguia falar em público, hoje consigo falar pra muita gente em cima de um palco, energia fora do comum nas reuniões, não sei nem como explicar, melhor decisão da minha vida. Eu vejo MMN como a faculdade do sucesso com investimento muito barato onde você pode obter retorno nos primeiros meses se você se esforçar e diria que mesmo se não desse dinheiro já valia apena pelo aprendizado, o que se aprende aqui dentro se usa pra qualquer área da vida para vida toda.

  • Welton Santos 25/01/2015, 12:05 am

    O Mercado dos Empregos vem lesando bilhões de pessoas, financeiramente, emocionalmente, familiarmente e temporalmente. O MMN mesmo tendo suas falhas, não lesam tanto a sociedade como os Empregos lesam. No MMN, pessoas de diferentes níveis sociais e acadêmicos conseguem recursos que jamais conseguiriam em um emprego. Se mudou a vida de algumas centenas de pessoas “novatas” no MMN, está ótimo! Nenhuma teria mudado se tivesse bitolada em seus empregos.

    Vocês conhecem uma Empresa Brasileira que Possui 215 Lojas nos melhores Shoppings do País. Ela abriu um Novo Canal de Vendas (ela já tinha 6 canais), que é o MMN. Ela não criou esse 7º Canal de Venda, baseada no MMN, para fraudar ou enganar. Conheçam = https://www.youtube.com/watch?v=S0lEhB1EbTM.

  • gleiber 24/01/2015, 6:18 pm

    belo comentário as pessoas tirão conclusões precipitadas sobre esse assunto.

  • Mario Sergio Rezende 16/10/2014, 3:54 pm

    Parabéns Pablo! Seus textos são esclarecedores.

  • Vinicius Borges 26/09/2014, 2:11 pm

    Parabéns Pablo pelo seu excelente trabalho, gostaria de deixar a minha opinião sobre o MMN no qual eu estou iniciando. Vejo que muitas pessoas acabam caindo na ilusão de ganho de dinheiro fácil, já tentaram me vender essa ideia, mas partindo do principio que se fosse tão fácil ganhar dinheiro não haveria pobreza em lugar nenhum do mundo, então o dinheiro fácil não existe o que existe é o sonho, o desejo se ter sucesso, a vontade de crescer, o reconhecimento etc. E como todos esses sentimentos são comuns nas pessoas, essa ganância de ganhar dinheiro ofusca sua visão e você acaba entrando em mais um golpe, por isso quando vierem lhe oferecer algo que seja dinheiro fácil corra, porque nada na vida é fácil tudo tem seu esforço e sua dedicação. Eu estou vivendo isso pois faço parte de uma empresa de Moda (vestuário) onde ela trabalha com MMN e graças a Deus não tenho o que reclamar.

    • Nascimento 13/11/2014, 10:20 pm

      Olá Vinicius Borges!
      Desejo saber informações referente a esta empresa de Moda com o trabalho de MMN.
      Grato,
      Nascimento

  • marcos sousa 29/08/2014, 6:26 pm

    fabio parabéns pelo artigo, muito util… gostaria muito de saber se você conhece o sistema da up!essencia, se conhece, você poderia me dar sua opinião? desde já agradeço.

  • PAULO ABDALAH 26/08/2014, 9:10 am

    Ser empreendedor não é questão de ter perfil, de necessidade ou muito menos de vocação, é questão de decisão. O empreendedorismo como um todo não vai ser visto pela maioria como solução para sua vida financeira, pois apesar de estarem inconformados com suas situações salariais, de terem a certeza que como empregados de uma Empresa, empregados da União, Estado e Municípios ( Funcionário Público), na sua maioria ficarão limitados economicamente para o resto de suas vidas, nada fazem, estão acomodados. Na verdade isso é reflexo da cultura de nosso Pais, da educação que recebemos de nossos pais ,que se preocupam somente em nos preparar para o mercado de trabalho, tanto público ou privado. Desde de pequenos somos orientados a estudar para concurso público ou nos tornarmos grandes profissionais, menos investirmos em um negócio próprio. O investimento vai existir de qualquer forma, financeiramente ,tempo , dedicação, sendo empregado, sendo empreendedor. A diferença está no resultado final para sua vida e de sua família. No meu ponto de vista vale muito apena ser empreendedor, ter a oportunidade de impor seus próprios limites e não ser limitado pelo sistema. Por isso hoje faço parte do empreendedorismo, de uma grande Empresa do mercado Brasileiro, a POLISHOP. Um forte abraço.

  • Tem razão, Pablo.

    Quanto à Bíblia, o importante é executar aquilo que leu, com firmeza, sem medo de errar. Pois não adianta alguém dizer que não rouba, se não o fez porque não teve oportunidade.

    Quanto ao empreendedorismo digital, para começo de tudo a pessoa precisa comprar um computador e conectá-lo na internet. Em seguida, comprar o domínio do blog e pagar a taxa de hospedagem. Só nisso eu gasto dinheiro todos os meses.

    O dinheiro que recebo dos produtos que vendo dá para pagar as contas mensais e sobram para mais investimento.

    Quem pensa que dá para ganhar dinheiro de graça pensa errado.

    Paz e Sucesso!

  • Everton Alencar 31/07/2014, 9:01 pm

    Parabéns Pablo pelo teu trabalho com seu Blog, excelente colocação en todos os aspectos. Assim como você comentou no final fui convidado por inumeras vezes a participar de negócios onde me prometiam ganhar dinheiro sem trabalhar, graças a Deus não cai na “vibe”. Mais cansado de tanto trabalhar no mercado tradicional estava procurando algo diferente que pudesse em agregar ainda mais valor sem precisar abrir mão de meu tempo com minha família foi onde conheci meu novo projeto de trabalho e graças a Deus estou muito feliz com meus resultados em tão pouco tempo. Abraços e parabéns novamente.

    • Pablo Teixeira 01/08/2014, 2:03 pm

      Obrigado pelo comentário, Everton. E parabéns por ter encontrado seu sucesso no multinível.

    • Nascimento 13/11/2014, 10:32 pm

      Olá Everton Alencar!
      Se esta trabalhando com o sistema de MMN, gostaria de saber se posso fazer parte.
      Grato,
      Nascimento

  • DIOGO 28/07/2014, 11:46 pm

    Muito Bom o Artigo!!! Parabeness!!
    Tem muita empresa bacana no mercado, e muitas se inovando e coisas novas chegando! como essa.

    Abraço.

  • Pedro Paulo Til 16/07/2014, 9:57 pm

    Gostei muito parabéns pelo artigo, só para ter uma ideia até um pintor autônomo tem que ter o minimo de investimentos ex, rolo,pinteis,espatulas entre outras ferramentas essencial para executar sua tarefa.
    Parabéns ai para o autor

  • Leila Rita Soares 13/07/2014, 9:39 pm

    Oi Pablo! Parabéns pelo artigo! Já pensei exatamente dessa forma. Hoje acredito que o mmn é a forma ideal para quem quer alcançar independência financeira com qualidade de vida. É claro que temos que verificar se a empresa que escolhemos é idônea e se há identidade com o nosso perfil para que o sucesso ocorra mais rápido. Eu, particularmente, sempre trabalhei com empresas de produtos de beleza que não estão com MMN e agora uni o útil ao agradável fazendo parte dos empreendedores do MMN da Polishop. Se alguém desejar saber mais é só acessar ou falar comigo.
    Abraços.

    • Ricardo 03/08/2014, 1:00 pm

      Me fale mais da Polishop.. visto que voce entrou não faz nenhum mes ainda.. como esta no negócio? porque o que tem de gente que fala mal dessa Empresa que acredito que use de legitimidade no MMN não está escrito

  • Rodney Akira Pereira 15/06/2014, 10:15 pm

    Coisa de trouxa…
    Vamos ver alguns trouxas: Robert Kiyosaki, Donald Trump, Robert Shiniayshiki, T. Harv Eker, Mauro Halfeld, Max Gehringer, entre outros…
    Trouxa é quem vê pessoas de sucesso falando sobre as oportunidade, pessoas milionárias que não precisam da oportunidade, e se acham donos da verdade…
    Ou é prepotência ou inveja, ou fala por falar, talvez tenha ganhado na loteria, ou herdou alguma fortuna que não teve esforço para conquistar.
    Quem é empreendedor verdadeiro, tem visão, vê oportunidades e percebem que tem gente fazendo fortuna no mercado de MMN, então por que falam pelos “cotovelos”. Mas esse mercado não é oba, oba, é trabalho é dedicação, esforço e determinação, nada vem de graça ou fácil.

  • Alessandro Januario 09/06/2014, 10:14 pm

    Pessoas simples podem se tornar empreendedoras desde q entenda que tudo começa com a decisão de aprender os conceitos do empreender como vc deixa claro o principal q é o investimento. As mudanças serão necessarias em sua mentalidade p obter o sucesso e isso vc adiquire atraves de treinamentos e aprendizados. O MMN é um dos melhores lugares p vc aprender tudo isso com baixissimos investimentos e mais pratica do q teoria. Se houvet dedicação em aprendet garanto q será util em qq momento de sua jornada pela vida.

  • Marlon Henrique 31/05/2014, 10:13 pm

    “todo empreendedor compra seu posto de trabalho“

    Excelente argumento para quebra de objeção. Adorei!

  • Ana Araujo 12/05/2014, 10:11 pm

    ótimo artigo rapaz, muito se fala sobre o mercado e realmente pouco se sabe. A taxação é imensa e realmente não é das melhores esperadas.

  • JOSÉ PIRES 19/04/2014, 9:53 am

    Sei quem é esse “expert” no assunto, que vive dizendo que não concorda ter que ” pagar” para se trabalhar em uma empresa de MMN. Bem, pelo menos, ele tem uma opinião coerente em relação as porcarias que aparecem nos últimos tempo se passando por eme presas de MMN, quando na verdade nada mais eram que uma trambicagem sem medida;mas, em relação a ele dizer que não concorda em pagar para trabalhar com MMN, seria mais inteligente da parte dele procurar se inteirar mais um pouco a respeito do que realmente é o MMN.Parabéns pelo trabalho em seu site, irmão ;e VIVAMOS E O MMN VERDADEIRO!

  • Igreja Evangelica 09/04/2014, 1:37 pm

    Interessante, belo material.

  • sergio 05/04/2014, 12:06 pm

    Desculpe mas não posso concordar…não trabalho neste momento em mmn mas se você for um empregado e for começar a trabalhar para uma empresa,ninguém lhe adianta o dinheiro para os transportes,gasolina para o carro,muitas vezes alimentação,etc…você tem que adiantar e receber no fim,na hora do ordenado…também se quiser iniciar um negocio físico,uma loja etc,tem que dispor do espaço,fazer muitas vezes obras,pagar a renda adiantada,etc etc etc…as coisas não são tão lineares mas é acima de tudo uma questão de mentalidade…

  • Alan Carlos 24/03/2014, 9:16 am

    Geralmente, esses pseudos empreendedores trabalham com programas de afiliados, tentando vender algum curso, que ensinam a vender o proprio curso.

    E uma das estrategias é falar mal do MMN, mas quando se está na empresa certa é só alegria..

    Abçs e sucesso.

  • Claudio Monteiro 10/03/2014, 1:00 pm

    Muitos dos que se dizem especialistas nunca fizeram parte de um MMN legítimo, só têm teorias absurdas. eu acredito que em todos os MMN’s nós pagamos ao menos no inicio sim para trabalhar, precisamos de kits, de material de apoio para trabalhar, mas em dado momento com o crescimento de sua rede, você tem lucros então na verdade você investiu, está tendo retornos pelo seu trabalho, seu investimento não é? Investimento de dinheiro, trabalho e tempo. Parabéns pelo blog, já havia lido outras matérias aqui mas esse é meu primeiro comentário.

  • Ana Paula Teodoro 09/03/2014, 9:50 pm

    Olá!! Gostei muito do artigo! As pessoas pensam que marketing multinivel não passa de uma pirâmide financeira,mas na verdade é um negócio empreendedor. O povo brasileiro é muito preso aos CLT´s da vida, e como comentaram anteriormente ficam preso ao INSS,que nunca é suficiente,conheço vários aposentados e pensionistas que trabalham porque o benefício é muito pouco. E muitos pais de família não conseguem manter uma casa com o salário que as empresas oferecem. Uma renda extra é a melhor forma de ganhos,ainda mais se o trabalho for a partir de casa.

  • Tiago 19/02/2014, 10:48 am

    Ola, gostaria de entrar em contato com o departamento de vendas da empresa. Obrigado.

  • Luciene Amaro 14/02/2014, 5:25 pm

    Olá Pablo, estás de fato de parabéns pelo artigo bem escrito. Infelizmente vivemos num país onde a maioria das pessoas tem uma mente de empregado, não de empresário e nem se dão conta que ao longo da vida vão fazendo altos investimentos em qualificação pra no fim da vida irem parar na dependência do inss (isso nunca será suficiente). Mas no mundo em contrapartida também haverá sempre visionários como nós, obg por compartilhar tantos conhecimentos!
    Gostaria de pedir licença pra divulgar uma oportunidade com uma empresa 100% brasileira e com um plano de negócios sério e sustentável

  • Shirley Q. Clayton 12/02/2014, 5:53 am

    “O sucesso pessoal dentro e fora das empresas exige certo jeito com as palavras”, escreve o autor no livro. E, para isso, é essencial ser simples na hora de explicar conceitos, falar com convicção, sustentar suas opiniões com fatos e evidências tangíveis, além de usar metáforas e cuidar do ritmo e tom da sua fala. Como alguém irá confiar em você se nem você mesmo confia? Por isso, segundo o autor, a autoconfiança é outro fator vital para profissionais carismáticos. O conceito de “estar a vontade da própria pele” é uma consequência direta do nível de maturidade emocional da pessoa. E, por isso, tal habilidade exige tempo. Entre as dicas do autor para driblar a falta de segurança em si próprio está mudar a maneira como você encara as pessoas e as situações. “Aja como se as pessoas quisessem ouvir o que você tem a dizer”, sugere.

  • Marina Ornelas 28/01/2014, 3:01 pm

    Muito Bom!!! Seus artigos são ótimos, esclarecedores e encorajadores!!!
    Parabéns!! Te admiro por compartilhar tanta informação de maneira clara e muito bem escritas!!!
    Adorei!!

  • Allex 23/01/2014, 1:16 pm

    É simplesmente Fantástico!

  • Luis 14/01/2014, 10:16 am

    Parabéns pelo conteúdo o ideal é ter conhecimento das coisas.

  • Ecktor Lopes 06/01/2014, 2:41 am

    Parabéns pelo post! O fundamental para que não se perca dinheiro em um golpe é ter conhecimento, e são blogueiros como nós que ajudamos pessoas a não serem enganadas, através das nossas explicações e ponto de vista. Valeu. Depois conheça meu blog: http://ecktorlopes.blogspot.com.br/

  • lucas ferreira 05/12/2013, 9:54 pm

    Parabens pelo texto cara, mt bem escrito, fazia tempos que não via alguem falar assim sobre o MMN, já vi que tu entendes do assunto, deves conhecer ou ter ouvido falar sobre a AGN então, vou deixar aqui, para ti e todos que leem o teu blog, a oportunidade de conhecer mais sobre ela e fazer parte dessa empresa que vem fazendo mt sucesso em todo o mundo.

    Já pensou em ganhar de $10 a $160 dólares por semana para divulgar anúncios prontos na internet, sem precisar investir nada ao se cadastrar? Então venha conhecer a Argent Global Network

  • Alexandre Campos 02/12/2013, 9:04 pm

    Agradeço muito esse seu post, muito esclarecedor para os que seguem e aceitam esse tipo de pensamento, pois geralmente quem pensa dessa maneira cria uma barreira ao seu próprio progresso pessoal e financeiro. Quem dera o ‘criador’ dessa frase, o grande ‘marketeiro da internet’, pudesse ler, ponderar e rever suas convicções, e começar a dar a oportunidade para as pessoas que o seguem ganhar dinheiro como empreendedor no marketing multinível. No mínimo iria ajudar a muitos, ao invés de cegá-los com esse tipos de pensamento. Parabéns!

  • Diego S.B.F 02/12/2013, 6:01 pm

    Parabéns pelo artigo Pablo Teixeira! Realmente para você iniciar qualquer negócio realmente exige investimento. Não só investimento financeiro, mas também o investimento de tempo para aprender novas técnicas de prospecção. O problema é que o MMN requerer planejamento à longo prazo e não são todos que tem paciência para esperar. Abraço.

  • Bruno Menezes de Sá 29/11/2013, 12:35 am

    PARABÉNS Pablo, como sempre contribuindo para uma boa reflexão por parte daqueles que habitam este mercado e mais ainda para instruir aqueles que não fazem parte deste. Considero o seu blog o melhor do seguimento e tenho visto ele sendo recomendado por muitos, de diversas regiões e lhe desejo muita inspiração para que isto seja sempre crescente.

    Um abraço!!!

  • Thiago Loureiro 20/11/2013, 12:55 am

    Fala Pablo,

    A questão de pagar para trabalhar é bem complicada para os que acham isto um erro, pois, sabe-se que para abrir um negócio próprio você tem que investir um capital para montar sua empresa, além de se preocupar com várias burocracias fiscais, trabalhistas e outras tantas. No MMN não poderia ser diferente, você falou muito bem isto no seu post, você tem que colocar capital no seu negócio, porém, não irá se preocupar com as burocracias de uma empresa, você vai fazer o mais importante que é o comercial, sendo isto o que te irá trazer retorno.

    Enfim, bom post!

    Abração.

    • Pablo Teixeira 20/11/2013, 7:19 am

      Pois é, Thiago. O MMN é o tipo de negócio no qual se
      investe menos e se atribui menos funções (e aperreios)
      ao empreendedor. Mesmo assim, pessoas vem com essa de
      “pagar pra trabalhar”. Fazer o quê, né!?

  • Ed Soares 20/11/2013, 12:02 am

    Certa feita li um livro, que ainda tenho em minha prateleira que ao mesmo tempo que lembro de seu incio, não perco a oportunidade de indicá-lo. E o farei agora, já que tem tudo à ver com teu texto de hoje, Pablo.

    Citação do livro.

    O seu modelo de dinheiro – Vivemos num mundo de dualidades. Alto e baixo, claro e escuro, quente e frio, rápido e lento, direita e esquerda são alguns exemplos dos milhares de pólos opostos com que convivemos. Para que um pólo exista, é necessário que o outro exista também….

    O que eu quero dizer com as palavras do Eker é que todos temos esses pólos, mas temos em grande maioria medo de investir em algo novo por conta de nossos medos e conceitos.

    Não me alongarei muito nestas linhas e vou indicar o livro direto para análise dos que acompanham tuas postagens, e pra ti também em particular.

    OS SEGREDOS DA MENTE MILIONÁRIA – T. HARV EKER.

    O que ele fala no livro dele diz exatamente esse modelo de pensamento que estás à trazer.

    Um forte abraço com o desejo de muita paz e sucesso, sempre!

    • Pablo Teixeira 20/11/2013, 7:12 am

      Olá, Ed. Cara, esse livro aí é muito bom mesmo.
      Eu o li algum tempo atrás e lembro que na altura
      me deparei com bons conceitos em suas páginas.
      Também recomendo à todos. Valeu pela dica e pelo comentário, Ed!

  • Ricardo Normando Ferreira de Paula 19/11/2013, 6:03 pm

    Prezado Pablo,
    Diante do exposto (de forma brilhante, por sinal!!!), só tenho um detalhe a adicionar. Mesmo o empregado, por mais simples que seja, tem que “pagar” antes para trabalhar. Investir tempo e/ou dinheiro em uma qualificação ou na aquisição de informações torna o profissional apto à uma tarefa qualquer. Isso é, inicialmente, investimento.
    Desenvolvo um Marketing Multinível e aproveito para comunicar – lhe que o seu material é explorado em um curso que criamos aqui em Fortaleza que contempla este público. O curso ocorre em nível acadêmico a partir do Departamento de Marketing de uma Faculdade privada em Fortaleza e está em fase de análise e testes para ser a primeira disciplina oficial sobre o assunto em nosso país (pelo menos até onde temos conhecimento).
    Sua contribuição vem sendo muito importante neste aspecto.

    • Pablo Teixeira 19/11/2013, 7:33 pm

      Pois é, Ricardo, acabei esquecendo dessa parte…
      Na verdade, nessa vida, tudo tem um preço – até pra o empregado.

      Quanto a questão do curso, fico feliz de saber que estou contribuindo
      com essa iniciativa. Na verdade, lisonjeado.

      Obrigado pelo comentário e seja sempre bem vindo por aqui.

  • Luiz Magalhães 19/11/2013, 2:16 pm

    Sempre pensei assim também, por isso que até hoje vejo pessoas próximas a mim que me chamam de loucos ou de sonhador por ser um tipo de pessoa que não admite trabalhar pra alguém por 40 anos e terminar com um salário mínimo ou pouco mais que isso. Eu vivo pensando como tanta gente vive dessa forma com tanta oportunidades surgindo junto a tendência do mercado que mostra descaradamente todos os dias na TV, na Internet ou num bate papo entre amigos. Sei, sei, ainda deve ter gente me chamando de tolo ou sonhador, mais antes um desses do que um estagnado por traz de um balcão de vitrine “esperando a morte chegar” já dizia a música de Raul Seixas. Apoiado o conteúdo do blogueiro Pablo, quer ter algo que você nunca teve, faça algo que você nunca fez, de preferência invista um valor que cause impacto no seu orçamento, porém consciente de onde está investindo, procure um consultor profissional, um banco, o Sebrae… sei lá procure ajuda de um especialista, mais se quer realmente ter um negócio próprio e promissor, tem que investir meu amigo!

  • Lucas Mendes 19/11/2013, 11:46 am

    Parabéns pelo conteúdo do seu artigo, também trabalho com MMN e há tempos não encontro um blog que aborda o assunto desta maneira. Nós marqueteiros agradecemos.

    Também tenho informações deste assunto que você aborda no meu site, entrem e confiram.

Deixe um comentário