Seu blog foi pra o espaço e você não tinha backup? Nem tudo está perdido

Essa coisa de fazer backups regularmente é realmente séria e só quem já passou por sérios apuros sabe o que estou falando. Minhas más experiências com perda de arquivos vem desde o tempo em que eu tocava uma agência de publicidade onde, vez por outra, algo inesperado fazia-nos perder horas de trabalho ou até mesmo alguns dias. Até o dia em que conseguimos nos superar e por um erro próprio (meu), todos os arquivos de um servidor foram deletados, sem possibilidade de restauração.

Isso ocorreu em meio a uma campanha eleitoral e estávamos a todo pique, inclusive com profissionais contratados apenas para os clientes políticos e todo o trabalho de meses foi pro espaço. Foi minha pior experiência com perda de arquivos até hoje e desde então eu levo isso muito a sério.

Faça backups – uma hora você há de perder todo seu trabalho

Ainda mais hoje, que trabalho com arquivos em servidores de terceiros e sujeitos aos mais variados tipos de ataques da internet, diferentemente do meu velho servidor, sobre o qual eu tinha total controle, pois servia apenas rodar o software de gerenciamento da agência em nossa intranet e para backup e compartilhamento de arquivos. Além disso, o meu velho e bom servidor estava fisicamente em nosso prédio e eu podia vê-lo com meus próprios olhos sempre que quisesse – e mesmo assim deu no que deu.

Então, toda essa história serve para alertá-lo quanto a importância de backups regulares ou mesmo, dependendo de sua necessidade, um bom esquema de segurança e ferramentas para lhe auxiliarem nisso.

Esse é um assunto que nunca é demais relembrar e eu vou tocar nele várias vezes aqui no blog, citando, inclusive, alguns recursos que eu utilizo para me proteger ao máximo.

Mas o post de hoje é apenas para trazer uma luz no fim do túnel para quem estiver passando por maus bocados com seu site ou blog – e não fez nenhum backup. O que vou mostrar aqui não é nenhuma solução, mas uma dica que pode lhe ajudar a recuperar algo ou até boa parte do seu conteúdo.

archive_org

Mesmo eu sendo tão aficcionado com a segurança dos meus arquivos, já tive vários problemas. Pois, em se tratando de tecnologia da informação, não existe nada 100% seguro. Então já perdi dados algumas vezes e hoje tive mais um problema.

Eu fiz uma atualização de um plugin num dos meus blogs e deu uma incompatibilidade total com o template do blog – ficou tudo “quebrado”. Então, pra solucionar isso, eu rapidamente usei a função “restore” do Vaultpress, que é o serviço de backup de blogs que eu utilizo.

Só que eu não havia me dado conta que o Vaultpress estava a vários dias sem conseguir acessar meu blog via FTP e que, portanto, não estava fazendo backups diários desde então.

Eu cliquei no restore do último backup sem nem olhar para a data e o que aconteceu foi que o Vaultpress fez uma restauração para um ponto muito lá atrás, fazendo com que vários posts e comentários fossem perdidos. E como eu não tinha backups recentes em nenhum outro lugar, não tive o que fazer. Perdi tudo!

Seu backup está no Archive.org

Foi aí que me lembrei do Archive.org, um site que eu já usei no passado e então fui lá checar… E tã tã tã tã… Lá estavam todos os meus arquivos e posts recentes. Então eu tive um pouquinho de trabalho manual, mas consegui recuperar tudo.

O Archive.org é um site bem feioso que vive a documentar tudo quanto é informação online. Ele vive a fazer um backup contínuo da própria internet e, segundo consta na própria home deles, nesse momento existem 417 bilhões de páginas armazenadas.

Parece-me que a ideia é manter um arquivo documentado, para preservar a história da internet. Ou seja, milhares e milhares de sites que já não estão mais no ar podem ser encontrados lá no Archive.org. Eu, inclusive, até já comprei uns domínios de sites que foram abandonados pelos seus donos e consegui recuperar boa parte de seus conteúdos dessa forma.

Então, se você estiver com a mão na cabeça, sem saber como fazer para recuperar seus artigos, vale a pena tentar dar uma olhada por lá. Lembrando que não há garantia alguma de que seu site estará salvo por lá. Eu não sei como funciona o algoritmo deles, mas por vezes já vi sites que não tem nenhum ponto de restauração no banco de dados deles.

Então é uma questão de sorte. Portanto, não se confie nisso e faça seus backups, como eu já instruí. De qualquer forma, espero ter ajudado.

 

E você, já se socorreu alguma vez com o Archive.org? Conte-me nos comentários!



“Aos vinte e poucos anos eu decidi que iria aprender a “ganhar dinheiro na internet”. Aos trinta ainda não sei quase nada. Mesmo assim, tive a cara de pau de criar este blog para ensinar você como fazer isso.” [...] Continue lendo

{ 3 comentários… Clique aqui para comentar }

  • laryssa caetano 15/01/2015, 5:28 pm

    Pablo, eu sempre, SEMPRE perco meus arquivos no hd do computador. Então é possível salvar o back up no g.drive ou semelhantes?

    • Pablo™ 20/01/2015, 12:11 am

      Olá, Laryssa. Você está falando dos arquivos do seu computador ou dos arquivos do seu site? É possível salvar ambos no Google Drive, mas há soluções mais específicas para cada caso. Por exemplo, se deseja salvar os arquivos do seu site ou blog, e, caso você utilize Wordpress, existem plugins que podem fazer esses backups de forma automática. Ou, se você desejar, pode usar uma solução mais robusta, como eu utilizo neste blog: o Vaultpress, que é um serviço de backups do próprio Wordpress.

      Caso sua necessidade seja armazenar arquivos do computador, as possibilidades são ainda maiores: desde um HD externo, até serviços online. Eu utilizo e recomendo o Sugarsync ou o Crashplan.

      • Laryssa Caetano 19/02/2015, 12:07 pm

        Vaultpress, anotado!

        Obrigada!

Deixe um comentário